E se houvesse uma técnica de construção que não usasse sisal?

 

 

O Froissartage é uma técnica de construção em madeira desenvolvida nos anos 30, pelo francês Michel Froissart (comissário distrital dos Escuteiros de França em Fontainebleau). Esta técnica não faz uso de sisal, tão pouco de pregos ou parafusos, tem um sistema de entalhes e encaixes com cavilhas, pinos, espigas e cunhas, utilizando-se apenas madeira.

 

 

Material necessário:

A montagem das construções recorre a algumas ferramentas específicas, umas sempre presentes nos sacos de material das Guias, outros nem tanto:

  1. Serra: para delimitar o comprimento do entalhe
  2. Machado: para fazer entalhes grandes (também dá para fazer pequenos, mas é preciso uma maior minúcia)
  3. Formão: para fazer entalhes pequenos
  4. Maço: ajuda o machado e o formão a fazer os entalhes
  5. Trado de rosca ou
  6. Arco de pua: para fazer os orifícios onde encaixam as cavilhas, os pinos ou as espigas

 

 

 

Mãos à Obra

Entalhes e encaixes – Existem vários tipos de encaixe que se utilizam consoante o objetivo pretendido. As ferramentas a utilizar são o machado ou o formão e o maço.

 

 

 

Orifícios para cavilhas, pinos e espigas – Não deverão ter um diâmetro superior a 1/3 da largura do toro de madeira. As cavilhas e os pinos reforçam os encaixes, quando as construções assim o exigem. As espigas são mais utilizadas em bancos. As ferramentas a utilizar são o trado ou a pua.

 

 

Boas construções!

Partilhar esta notícia

Queres Ser Guia?

Formulário Queres Ser Guia

O Que Está A Acontecer
WAGGGS

wagggs

Av. Miguel Bombarda Nº 128, R/C Esq. 1050-167 Lisboa   |   Tel.: 217 938 227   |   Fax: 217 938 228   | 
 
Ver Política de Dados Pessoais.
 
Direitos de autor © 2019 Associação Guias de Portugal. Todos os direitos reservados.